Pedra pode ser natural, polida, polido fosco, apicoado, levigado, flameado, lustrado, cristalizado, vitrificado, impermeabilizado, resinada ou com cera de polímeros no caso do tratamento químico etc. próprio nestes casos para revestimento de pisos e paredes, interno ou externo, conforme sua necessidade.

- Aplicações:

O revestimento é atualmente o ramo da arquitetura onde a pedra é mais utilizada. Ela pode ser usada tanto em parede, como em piso, internamente ou externamente. Em pisos ela é muito utilizada na forma de lâminas, placas e seixos. Os exemplos de pedras mais usados são: o mármore, o granito, ardósia, pedra sabão, entre outras.

Características das pedras:

A pedra usada para revestimento deve apresentar uma boa resistência à compressão e ao desgaste em virtude do atrito. O revestimento com pedra apresenta grande beleza plástica, mas é relativamente caro e exige mão-de-obra especializada na colocação. É necessário em alguns casos um grande nível de detalhamento na colocação das pedras. 

 Dentre os tipos utilizados em pisos, o granito pode ser colocado em estado bruto ou polido, além de resultar em composições interessantes juntamente com outros materiais, como a madeira, por exemplo. A pedra são tomé é utilizada em pisos internos e externos. Alternativa são os mosaicos que possui grande efeito estético. 

Nos revestimentos de paredes vários tipos de pedras são usados em seu estado bruto, desde pequenas pedras até grandes placas.
Enquanto as pedras que revestem as paredes externas precisam ter uma durabilidade garantida, que conservem a cor e uma melhor técnica devido ao intemperismo, no revestimento de paredes internas a estética predomina e colocam-se pedras que conseguem adquirir brilho à medida que estas vão sendo polidas e conseguem cumprir o efeito decorativo desejado.

A colocação de placas de pedra faz-se com grampos de aço inoxidável e argamassa para assentar. Em pisos, a pedra é colocada sobre uma camada de argamassa.

As pedras possuem várias teorias de classificação que vão desde as eras geológicas até a tecnologia empregada. Durante a longa história da humanidade foram usados vários tipos de pedras ornamentais. Essas rochas são classificadas em alguns tipos: granitos, mármores, basaltos, ardósias, arenito, quartzito, serpentinito, pedra sabão, conglomerados e brechas.

Atualmente são mais de 120 nomes de granitos a disposição, numa grande variedade de padrões e cores, Na escala de cores é encontrado, do mais barato ao mais caro, nas cores: cinza, vermelho, verde, amarelo, preto, azul, rosa, bege, marrom, laranja, vinho, creme, destacando-se os tons avermelhados, esverdeados, amarelos, azuis e cinzas, com origem em jazidas de vários estados brasileiros, como Ceará, São Paulo, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Amazonas e etc.

PEDRAS